Caso não queira "logar" para realizar um COMENTÁRIO, utilize a opção ANÔNIMO e se identifique, se achar viável, no final do comentário.

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

A Essência da Força Gravitacional

Admitindo que exista um corpo no espaço, na trajetória orbital da Terra, como no lugar não há gravidade o corpo ficará imóvel no espaço.
No momento que a Terra se aproximar deste corpo, estando ele a Leste da superfície Terrestre, o corpo será envolvido por partículas, corpúsculos, do Campo magnético e esse fluxo de partículas com movimentos rotacionais e direção ascendente, dará choques rotacionais nos átomos do corpo parado e este irá adquirir movimento descendente em direção ao núcleo da Terra.
Como o Campo Magnético é um Campo Descontínuo, à medida que o corpo desce, ele adentra o Campo com maior densidade de partículas, por unidade de área e por unidade de tempo por segundo e assim, maior será a quantidade de choques rotacionais nos átomos deste corpo, e ele adquire aceleração em seu movimento de queda livre, tendo como resultante a Aceleração Gravitacional.

A Essência Primária

Todos os corpos Celestes se mostram na forma esférica ou em suas variantes espiraladas, elípticas, anelares e circulares. O Universo é constituído de uma essência primária que preenche todo espaço infinito formando o binário (espaço-matéria), e para termos a existência, a densidade é igual a 1 (um). Desta forma, qualquer quantidade de matéria finita, em um espaço infinito, a densidade tenderia a zero. Podemos dividir infinitamente toda a matéria da Via Láctea e preencher o espaço infinito, assim como, dividir um átomo infinitamente e preencher o mesmo espaço, mas teremos densidades diferentes. Nestes termos, imagine um orifício, pelo qual se impulsione infinitamente átomos com ou sem aceleração, eles tenderiam ao infinito, não se agregariam formando aglomerados de Massas ou formas.
Agora, para haver conglomerados e formas de Campos de matéria, o espaço infinito é preenchido do micro para o macro de uma essência primária também infinita.

A Terra gera e emite um Campo magnético por emissão de partículas de seu núcleo formando a Magnetosfera que denomino de Campo de Partículas Quaternário.
A Terra em sua orbita de translação ao Sol, está imersa no Campo de partículas emitidas pelo Sol que forma a Heliosfera, que denomino de Campo de Partículas Terciário.

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Aceitar é fácil, entender é necessário.

Já passou pela sua cabeça, que para realizar suas criações e destruições, o Universo infinito faz uso de uma mecânica complexa e completa de ações e reações internas que as executam? E não apenas acontecem?

A Essência está em toda parte.

Tão perceptível e em todas as partes...
De tão óbvia se tornou complexa e chave para mecanizar todo um sistema cósmico  de acontecimentos.
Não foi fácil esmiuçar todas suas variações, mas ao longo de 30 anos, mantive-me na  lógica da percepção humana e desvendar tão difícil tarefa.

Quando falo em Mecânica Cósmica, tem curiosidade em saber o que é?

Quando falo em Mecânica Cósmica, quero dizer sequência lógica de acontecimentos, de respostas palpáveis, de porquês respondidos, de justificativas aceitáveis, dos planetas orbitarem a Eclíptica Solar ou na linha equatorial do Sistema Solar, além de terem ciclos de translações perfeitos e sempre iguais.
Quer saber mais?

A Essência da Força Gravitacional

Admitindo que exista um corpo no espaço, na trajetória orbital da Terra, como no lugar não há gravidade o corpo ficará imóvel no espaço. No...